Faça uma festa!

"Cada vez que fazemos uma festa, estamos dizendo que confiamos no que Deus diz e não nas circunstâncias. Tudo aquilo que nos traz alegria nos leva para mais perto de Deus", afirma bispa Dirce Carvalho no Modeladas Day

O Modeladas Day, culto semanal de mulheres da Comunidade das Nações desta segunda (28), começou com uma palavra profética liberada por Marcela Nadler. “Hoje é o segundo dia da semana, e por isso mesmo dia de rendermos o nosso louvor e adoração! A segunda-feira fala de concordância e novos começos e hoje é o dia no qual o céu está concordando com as suas orações!“, disse.

A adoração foi carregada da Presença de Deus e foi liderada por Cinthia Rejane e banda, que surpreendeu o público trazendo uma unção poderosa de alegria.

O momento profético foi liberado por Mikaele Miranda: “Eu não sei qual a escravidão que você estava vivendo até hoje, mas somos chamadas filhas de Deus e livres. Há uma liberação do céus essa noite e o que Deus está liberando é sobre a nossa linhagem. A partir dessa atmosfera e da Presença“, ressaltou.

Luis Felipe/CN

A palavra de oferta foi dada por Hellen Oliveira. Ela destacou que as pessoas nunca irão experimentar uma benção sem a obediência completa. “Quando Deus pede Isaque à Abraão, Ele quer o coração de Abraão“, destacou.

Em seguinda, a Bispa Dirce Carvalho deu início a sua ministração, questionando as presentes, se elas já agradeceram à Deus no mês de março por serem mulheres. “Antes que o calendário gregoriano fosse criado, as mulheres já eram celebradas por Deus, as mulheres já eram celebradas como parte da criação. Estamos próximos da celebração da Páscoa. E Ele deixou diversos mandamentos para esse período. Deus nos manda desfrutar do jardim. Deus quer que tenhamos prazer. Quando estamos conectadas com Deus, com o coração quebrantado, nossos desejos estarão no lugar certo“, disse.

As festas judaicas são para a celebração e deleite

Segundo Dirce, a Páscoa celebra a libertação dos judeus do Egito. “A Páscoa é o fechamento e a abertura de novos ciclos. Festas fecham e abrem ciclos. Feche um novo ciclo na sua vida, nesse tempo! Quando Ester precisou fechar um ciclo, diante da pressão e do desafio, ela faz festa. Mediante o risco, Ester convida Hamã (Inimigo) para jantar, para celebrar. A Páscoa celebra a ressureição! Ela foi celebrada a primeira vez no Egito. O sangue nos umbrais, representava a libertação!“, afirmou.

Luis Felipe/CN

A festa vai sempre celebrar a Graça, o favor! Principalmente quando as coisas se tornam difíceis, quando celebramos, o favor e a alegria nos encontram

Dirce Carvalho

O inimigo não vai resistir e se denunciar quando você fizer uma festa ou uma oferta. O inimigo não aguenta com a minha bondade, paz e alegria. Mesmo em meio aos desafios, quando celebramos, as ajudas celestiais vem“, disse.

A bispa pontuou os significados de Graça:

  • Eucaristia; perdão de pecados
  • Algo que não pode ser pago, com esforço humano algum
  • Livramento, proteção
  • Charisma = adornos espirituais

Quando você decidir fazer uma festa, a graça virá em sua direção. Ester teve habilidade emocional, pois já havia uma sentença de morte sobre ela e seu povo. Cada vez que fazemos uma festa, estamos dizendo que confiamos no que Deus diz e não nas circunstâncias. Tudo aquilo que nos traz alegria nos leva para mais perto de Deus. Tudo em um ambiente de alegria cresce e frutifica. Um ambiente de alegria traz suprimentos e nutrição. Os nossos organismos sentem como estamos! Ache momentos para festejar e se alegrar. Festejar é trazer uma frequência de graça e provisão

Dirce Carvalho

Após uma festa, teremos novos adornos espirituais

Novos dons, presentes espirituais virão sobre a sua vida. Os Salmos 105 e 108 afirmam que após a celebração da primeira Pascoa, os hebreus receberam ouro e prata do Egito. Fazer festas em momentos difíceis é para pessoas humildes. É um momento onde entregamos as armas humanas. A festa atrai o favor de Deus. Ester fez festa em um momento onde o único recurso era festejar. Na festa é o momento de clamar pela presença de Jesus!“, declarou.

Festas falam de limites

Segundo Dirce Carvalho, na primeira Páscoa, o sangue nos umbrais das portas protegeram o povo de Deus. “A festa fala de quando o sangue de Jesus e seu Nome estabelecem um limite do senhorio de Jesus. Isso é sobre proteger a casa“, disse.

Se, porém, não agrada a vocês servir ao Senhor, esco­lham hoje a quem irão servir, se aos deuses que os seus antepassados serviram além do Eufrates, ou aos deuses dos amorreus, em cuja terra vocês estão vivendo. Mas eu e a minha família servi­remos ao Senhor. (Josué 24:15)

Festas falam de um limite de celebração para com Deus

Para a bispa, quando a Graça nos atinge, há um limite que o inimigo não poderá ultrapassar. “Festejar é estabelecer um código de ordenanças, no qual a Graça nos protege. A Graça estabelece mandamentos para sermos protegidos, supridos! Quais os limites que Deus está direcionando nesse tempo? Santificar significa separar“, afirmou.

Separe-se e festeje com o que você tem nas mãos

Dirce ainda exemplificou que, Ester festejou com o que lhe era acessível. “Festa fala sobre alegrar-se! A alegria é um mandamento. Em todas as coisas dai graças. Seja grata e espere pelo mais que o bastante” disse.

Deem graças em todas as circunstâncias, pois esta é a vontade de Deus para vocês em Cristo Jesus. (1 Tessalonicenses 5:18)

Receba as instruções dos limites e das festas

Comece a andar na certeza e romper definitivamente com o medo. A fonte é estar em Deus. Festejar é se conectar à Jesus, a fonte da vida! Festas falam de uma celebração que vai afastar o inimigo. O seu comportamento vai expulsar o inimigo, através de uma atmosfera de benção e adoração. Essa passagem, será de um estágio de guerra para um estágio de vitória

Dirce Carvalho

No encerramento, a bispa afirmou que quando se passa pela Páscoa vem o livramento! “Vamos deixar para trás tudo que nos deixava cativos e partir para a próxima estação!“, declarou.

por Ana Seligmann
edição Tiago da Silva