“Comece o ano de 2022 com ofertas, pois não há nada tão poderoso”, afirma Pr Gerson Costa

"Deus não está à venda e não pode ser comprado, mas Ele vela pela sua palavra"

Luis Felipe/CN

O décimo dia do Profetizando 22 teve o Pr. Paulo Smith abrindo a noite afirmando que Jesus sempre deixa o melhor para o final. “Deus está entregando aquilo que você veio buscar”, disse. O louvor ficou por conta da banda Somos Todos One, com os ministros Dito Rodrigues, Karen Braz, Junior Neguebe e Nadia Santolli. Uma atmosfera profunda de adoração tomou conta do CN Hípica Hall. O grupo cantou cânticos antigos que fizeram os presentes se emocionarem.


O bispo JB Carvalho fez o momento profético inspirado em alguns Salmos:

Vejo colunas se erguerem, reis e sacerdotes que se levantam como pilares, para um novo tempo, com sabedoria incomum. Pessoas que passam pela fornalha, mas sabem que existe um quarto homem presente, que não se dobram diante da tirania, que andam sobre as águas e, também, fazem as águas se abrirem, que fecham a boca dos leões, trilham os altos da terra, unem coro com o universo, com tudo o que tem fôlego, louvando ao Senhor!“, disse.

Dai ao SENHOR, ó filhos dos poderosos, dai ao SENHOR glória e força. Dai ao Senhor a glória devida ao seu nome, adorai o Senhor na beleza da santidade. A voz do Senhor ouve-se sobre as suas águas; o Deus da glória troveja; o Senhor está sobre as muitas águas. A voz do Senhor é poderosa; a voz do Senhor é cheia de majestade. A voz do Senhor quebra os cedros; sim, o Senhor quebra os cedros do Líbano. Salmos 29:1-5

Levante-se Deus, e sejam dissipados os seus inimigos; fugirão de diante dele os que o aborrecem. (Salmo 68:1)
O SENHOR enviará de Sião o cetro do seu poder, dizendo: Domina entre os teus inimigos.
(Salmos 110:2)
E uma vez mais, quando Deus introduz o Primogênito no mundo, declara: “Todos os anjos de Deus o adorem”. Quanto aos anjos, Ele afirma: “Ele faz dos seus anjos ventos, e dos seus servos, labaredas de fogo”
(Hebreus 1:6, 7)
Santo, Santo, Santo é o Senhor dos Exércitos; toda a terra está cheia da sua glória.
(Isaías 6:3)


Senhor, tiramos nossas coroas, vitórias, conquistas, recursos, habilidades e derramamos diante de ti! Daniel e seus amigos se recusaram a comer das iguarias do rei da Babilônia. Após esse período, seus semblantes eram mais formosos, suas forças cresceram e eles se mostraram dez vezes mais sábios. Existe um poder exponencial, um crescimento sobrenatural. O mesmo manto que estavam sobre suas vidas, estejam sobre os nossos jovens. Que tenhamos pais e mães espirituais, líderes governamentais, servidores, empregados, empresários, gestores com chaves, soluções para decifrar enigmas, para apresentar resultados, sábios que decidirão fazer o que é correto, que colherão frutos exponenciais. Deus está fazendo a diferença entre aquele que serve e aquele que não serve. Receba essa bênção exponencial“, profetizou o bispo.

Em seguida, o preletor da noite, Pr. Gerson Costa, iniciou sua ministração: Conselhos para uma vida próspera, lendo 1 Samuel 2:8 – Levanta o pobre do pó, e desde o monturo exalta o necessitado, para o fazer assentar entre os príncipes, para o fazer herdar o trono de glória; porque do Senhor são os alicerces da terra, e assentou sobre eles o mundo.

Este texto quebra conceitos e paradigmas, que aprendemos ao longo dos anos. Está na contramão da lógica humana. Então, mesmo que aos nossos olhos nós não tenhamos tantos recursos, habilidades ou formação para desempenhar determinada tarefa, Deus pode nos usar. O grande segredo é manter os olhos fitos em Deus“, disse.

Tenho força para todas as coisas em Cristo que me fortalece [estou pronto para tudo e igual a qualquer coisa por meio dele que infunde força interior em mim; Eu sou autossuficiente na suficiência de Cristo
. (Filipenses 4:13)

Gerson declarou que Deus ama os “sem noção”, como amou Pedro. “Fé é sair do barco e acreditar que Deus fará o que for preciso, para que possamos alcançar o nosso milagre. Deus ama aqueles que ousam acreditar no sobrenatural, que move os céus, por meio da fé, para atrair os milagres. Para que Pedro saísse do barco, ele precisou dar o primeiro passo e ir em direção a Jesus. Deus levanta o pobre e necessitado e os faz sentar com os príncipes, mas nós precisamos nos movimentar, operando a nossa parte. O que estiver ao alcance da capacidade humana, devemos fazer, pois o impossível, Deus fará“, pontuou.

Para rir se fazem banquetes, e o vinho produz alegria, e por tudo o dinheiro responde. (Eclesiastes 10:19)

Segundo o pastor, a literatura protestante mostra que os grandes reformadores abordavam o tema “dinheiro” de forma natural, mesmo porque as escrituras dizem claramente como Deus deseja a prosperidade dos seus servos. “Sabemos que a prosperidade é benção e a escassez é maldição. Deus fez os patriarcas prosperarem, assim como tantos homens bíblicos, que são nossos referenciais“, disse.

…pois o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males. Algumas pessoas, por cobiçarem o dinheiro, desviaram-se da fé e se atormentaram com muitos sofrimentos. (1 Timóteo 6:10)

O problema não está em ter dinheiro, mas prezá-lo como senhor. O diabo não tem interesse em nos tornar ricos, porque ele sabe que investiremos no crescimento do Reino de Deus. Deus deseja levantar filhos poderosos, para efetuar seus propósitos na terra. Perceba que uma faca pode ser usada, tanto como instrumento de benção, como instrumento de maldição. Na minha casa, ela é uma benção, mas, nas mãos de um assassino, é uma maldição. O dinheiro é como uma faca, não possui essência, mas assume a essência do dono. Portanto, não existe dinheiro ruim. Existem pessoas ruins usando o dinheiro de forma errada. O dinheiro só potencializa o que há dentro do homem. Significa, então, que podemos ter dinheiro, pois não somos órfãos, temos paternidade. Apresentaremos ao mundo a melhor versão e o nosso Pai será glorificado. Então, prepare-se para receber todas as bençãos que Deus tem reservado para você“, ressaltou.

Não ignore seus dons

Gerson Costa ainda destacou que na prisão, havia dois serventes de Faraó, que estavam ali por terem ofendido o seu senhor. “Eles tiveram sonhos. José interpretou e os dois sonhos se cumpriram. O padeiro foi decaptado e o copeiro restaurado ao cargo. Ao contar a interpretação, José pediu para que o copeiro pudesse se lembrar dele, quando estivesse bem, no entanto, ele se esqueceu. Depois de dois anos, quando Faraó precisava de alguém que pudesse interpretar seus próprios sonhos, o copeiro se lembrou de José. Em 2022, Deus usará pessoas a quem você abençoou, para te colocar em lugares que o seu dinheiro não pôde te levar. Portanto, use seus dons para abençoar as pessoas, lança o teu pão sobre as águas. Depois de muitos dias, acharás!“, disse.

José tinha dois dons:

Sobrenatural – interpretação de sonhos. Foi o que o colocou diante do rei.
Natural – sabedoria em administrar. Este dom foi manifesto e aperfeiçoado na casa de Potifar, permitindo que José assumisse o cargo da administração das riquezas do palácio.

O dom sobrenatural abre as portas do seu destino. O dom natural é o que te manterá nele. Foi o dom natural que manteve José no palácio. Quantas vezes, reconhecemos os dons das outras pessoas, mas não somos capazes de reconhecer nossos próprios dons. Sabe por que isso ocorre? Porque temos a tendência de não valorizar aquilo que não é resultado de esforço. Então, não temos diplomas, nem muitos anos de experiência adquirida, mas o dom flui de forma natural, todos reconhecem e desejam desfrutar dessa habilidade. Mas eu venho te dizer que este é o momento do seu próprio reconhecimento“, disse.

Veja estas dicas e tente identificar seus dons:

– Liste tudo o que você gosta de fazer;
– Verifique o que as pessoas pedem para você fazer, porque, naturalmente, elas já reconheceram seu dom;
– Existe algo que você pode fazer por horas, sem sentir o tempo passar? Quando exercemos o nosso dom, podemos trabalhar o dia todo, sem nem receber por isso.

“Pessoalmente, descobri que tinha o dom de trabalhar com consultoria financeira, ajudando meus amigos. Deus sempre mostra os seus sinais, mas quantas vezes nós ignoramos! Entenda que Deus não age conforme a nossa lógica. Perceba que, no início da criação, Deus fez a luz antes do sol, porque Ele tem o poder de sustentar os efeitos daquilo que se manifesta, por meio do que ainda não existe. Deus não multiplica caos. Por este motivo, Ele organizou toda bagunça que havia na terra, antes de criar o homem. Deus está pronto para usar aquilo que está em suas mãos, como ocorreu durante a multiplicação dos pães e peixes, mas, antes, ele deseja que você se organize, assim como aquelas pessoas foram colocadas em ordem, antes do milagre“, disse.

Segundo Gerson, no mundo espiritual, tudo obedece a uma ordem. “Quando Jesus ressuscitou Lázaro, Ele o chamou pelo nome, porque dentre tantos espíritos que havia, Lázaro precisava ser identificado. “Ordem” é um princípio a ser seguido. Vamos nos organizar primeiro!“, enfatizou.

Não faça do seu erro uma sepultura

Davi pecou drasticamente, mas vemos que foi capaz de se arrepender até o pó. Deus perdoou o seu pecado. Ele foi intenso em se arrepender, mas foi intenso em receber o perdão. Não carregue a culpa dos seus erros, se já houve arrependimento sincero. A lembrança deve nos servir apenas para causar um temor reverencial e não para ser um peso“, disse.

Luis Felipe/CN



Então consolou Davi a Bate-Seba, sua mulher, e entrou a ela, e se deitou com ela, e ela deu à luz um filho, e deu-lhe o nome de Salomão; e o Senhor o amou. (2 Samuel 12:24)

“Ele recebeu o perdão de Deus e foi consolado com o filho Salomão“, destacou.

Nunca decrete o seu fim

Conhecemos a história de Saul. Depois de tanta quebra de votos, o Espírito de Deus se retirou dele. Então, cego e humilhado, ele emite um decreto contra si: morra eu junto com os filisteus. Não importa a situação que você esteja passando, nunca decrete o seu fim. Qualquer pessoa pode dizer algo ruim a seu respeito. Você, não! Nunca verbalize uma maldição. Não importa quantas vezes você já correu para ver o milagre, não importa o número de tentativas. Em algum momento virá o sinal, nem que seja do tamanho da mão de um homem, porque é Deus que zela pela sua palavra, para a cumprir. Deus usa as pessoas para te abençoar. Na bíblia, vemos que as mulheres serviam Jesus com seus bens. Deus é sempre fiel, portanto, não te faltará provisão. Você terá mais que o suficiente“, profetizou.

Use os princípios do reino

Nós temos o favor do Senhor para enriquecermos, pois é Ele que nos dá força, para adquirir riquezas“, ressaltou.

Princípios:

Dízimo
– Deus não está à venda e não pode ser comprado, mas Ele vela pela sua palavra. Dízimo não é apenas um mandamento do antigo testamento, como alguns afirmam.

Ai de vocês, mestres da lei e fariseus, hipócritas! Vocês dão o dízimo da hortelã, do endro e do cominho, mas têm negligenciado os preceitos mais importantes da lei: a justiça, a misericórdia e a fidelidade. Vocês devem praticar estas coisas, sem omitir aquelas. (Mateus 23:23)

Dízimo foi um mandamento dado por Jesus, também

Mas aquele, cuja genealogia não é contada entre eles, tomou dízimos de Abraão, e abençoou o que tinha as promessas. Ora, sem contradição alguma, o menor é abençoado pelo maior. E aqui certamente tomam dízimos homens que morrem; ali, porém, aquele de quem se testifica que vive. (Hebreus 7:6-8)

Perceba que há muitas pessoas ricas, que não conhecem Jesus. Na verdade, alguém não precisa ser dizimista para enriquecer, mas, a conquista dessa pessoa será por meio de muito esforço. A benção de Deus promove abundância sem esse desgaste extremo. Sua mão sobre a nossa mão nos concede acessos rápidos, soluções práticas, larga vantagem em relação ao ímpio. A festa de casamento, que ocorreu em Caná da Galileia, iria acontecer de qualquer forma, mas foi a presença de Jesus que determinou a hora do término. Deus tem compromisso com a sua Palavra. Se existe cumprimento de princípio, Ele honrará o prometido, se não, o diabo está de prontidão para devorar nossas conquistas“, pontuou.

O dízimo precisa ser entregue no lugar pré-determinado por Deus

Mas o lugar que o Senhor vosso Deus escolher de todas as vossas tribos, para ali pôr o seu nome, buscareis, para sua habitação, e ali vireis. (Deuteronômio 12:5)

Então, podemos ter boas intenções e querer, por exemplo, entregar o valor a uma família que está passando necessidade. No entanto, precisamos entender que o diabo não respeita boas intenções. Ele respeita princípios“, disse.

O pastor mostrou que no texto de 2 Crônicas 28:21, vários atos de prevaricação de Acaz e, dentre eles, o de usar os despojos da casa do Senhor como bem lhe parecia. “Nunca use os tesouros da Casa de Deus, da forma como bem entender. Somos apenas mordomos, portanto, devemos seguir as instruções do dono”, disse.

Oferta

Quando Noé saiu da arca, depois do dilúvio, ele ofereceu uma oferta ao Senhor e, apesar de não ter recebido uma ordem expressa para fazê-lo, Deus recebeu como cheiro agradável, permanecendo em memória diante do trono. Após 500 anos, Lameque colheu o fruto dessa entrega“, disse.

E viveu Lameque cento e oitenta e dois anos, e gerou um filho, a quem chamou Noé, dizendo: Este nos consolará acerca de nossas obras e do trabalho de nossas mãos, por causa da terra que o Senhor amaldiçoou. E viveu Lameque, depois que gerou a Noé, quinhentos e noventa e cinco anos, e gerou filhos e filhas. (Gênesis 5:28-30)

O propósito da oferta é a honra. E ela produz um cheiro de confiança e expectativa. Deus pode não pedir uma oferta de gratidão, mas pode nos dar condições de ofertar, com a intenção de atingir o nosso futuro, assim como a benção de Noé atingiu Lameque. Vemos na história de Ana, que todos os anos subia à festa. Ela era humilhada, até que resolveu fazer um voto“, explicou.

E votou um voto, dizendo: Senhor dos Exércitos! Se benignamente atentares para a aflição da tua serva, e de mim te lembrares, e da tua serva te não esqueceres, mas à tua serva deres um filho varão, ao Senhor o darei por todos os dias da sua vida, e sobre a sua cabeça não passará navalha. (1 Samuel 9:9)

Ela saiu certa da resposta e cumpriu, não apenas seu voto, mas superabundou em muitas outras ofertas, colhendo, assim, mais cinco filhos“, ressaltou.

“Agora, analisando a vida de Jó, verificamos um padrão: Sempre que ocorria uma festa, Jó preparava uma oferta. Quando ele passou pela provação, os primeiros bens que lhe foram removidos, são os conteúdos das ofertas. Na restituição, a primeira restauração é o produto da oferta, tal a importância deste ato. Se a oferta não tivesse tanta importância no reino espiritual, isso não teria ocorrido. Então, entenda esse princípio e altere as suas circunstâncias“, disse.

Menor sou eu que todas as beneficências, e que toda a fidelidade que fizeste ao teu servo; porque com meu cajado passei este Jordão, e agora me tornei em dois bandos. (Gênesis 32:10)

Gerson Costa declarou que Jacó estava dizendo que começou sua jornada com apenas um cajado. “Mas, depois de vinte anos, ele foi obrigado a dividir suas posses em dois bandos, pelo tanto que se multiplicara. No entanto, não foi apenas com um cajado que Jacó passou o Jordão“, disse.

Acordando, pois, Jacó do seu sono, disse: Na verdade o Senhor está neste lugar; e eu não o sabia. E temeu, e disse: Quão terrível é este lugar! Este não é outro lugar senão a casa de Deus; e esta é a porta dos céus. Então levantou-se Jacó pela manhã de madrugada, e tomou a pedra que tinha posto por seu travesseiro, e a pôs por coluna, e derramou azeite em cima dela. (Gênesis 28:16-18)

Azeite, na época de Jacó, representava dinheiro. Salomão bem mostra isso quando compra as madeiras do templo do rei Hirão, com tonéis de azeite. Deus se encontrou com Jacó antes de atravessar o João e disse: eu vou ser contigo, como fui com o teu pai. Nesse encontro, Jacó inicia sua trajetória com uma oferta“, lembrou.

E sucedeu que, ao tempo em que o rebanho concebia, eu levantei os meus olhos e vi em sonhos, e eis que os bodes, que cobriam as ovelhas, eram listrados, salpicados e malhados. E disse-me o anjo de Deus em sonhos: Jacó! E eu disse: Eis-me aqui. E disse ele: Levanta agora os teus olhos e vê todos os bodes que cobrem o rebanho, que são listrados, salpicados e malhados; porque tenho visto tudo o que Labão te fez. Eu sou o Deus de Betel, onde tens ungido uma coluna, onde me fizeste um voto. (Gênesis 31:10-13)

Antes de encerrar, Gerson disse que a oferta de Jacó protegeu o fruto do seu trabalho das trapaças de Labão. “Ela selou a benção que estava sobre o seu esforço. Comece o ano de 2022 com ofertas, pois não há nada tão poderoso, quanto iniciar qualquer etapa das nossas vidas, desta forma“, finalizou.

por Vanessa Ribeiro
edição Tiago da Silva

Confira o vídeo do décimo dia do Profetizando 22 no nosso canal no Youtube: