“Se você tem uma palavra, profetize!”, declara pastor Victor Hugo

"Para viver algo novo no ministério, precisamos da unção de Deus para esse tempo"

Carlos David/CN

O nono dia do Profetizando 22 começou com oração do pastor Jedson Januário, direto da CN Valparaíso. O louvor foi comandado por Thomas Jefferson e banda, que elevou a unção há níveis altos.

Carlos David/CN

O pastor Victor Hugo iniciou sua ministração exaltando ao Senhor e ao fato Dele conhecer as estrelas pelo nome, por conhecer os oceanos e os segura com as mãos. “Ele é o Alfa e o Ômega. Hoje é o nono dia do profetizando. O que você gerou os oito outros dias, nascerá hoje. Há coisas que não entenderemos hoje. Quando falamos em uma atmosfera profética, virá um decreto. Jacó cavou um poço, mas Ele não sabia que Jesus usaria o mesmo“, disse.

O pastor leu na Bíblia, 2 Reis 9: 1-3:

Então o profeta Eliseu chamou um dos filhos dos profetas, e lhe disse: Cinge os teus lombos; e toma este vaso de azeite na tua mão, e vai a Ramote de Gileade; E, chegando lá, vê onde está Jeú, filho de Jeosafá, filho de Ninsi; entra, e faze que ele se levante do meio de seus irmãos, e leva-o à câmara interior. E toma o vaso de azeite, e derrama-o sobre a sua cabeça, e dize: Assim diz o Senhor: Ungi-te rei sobre Israel. Então abre a porta, foge, e não te detenhas.

E disse que um improvável iria entrar no palácio. “Elias estava na caverna. Ele somente estava na geografia errada. Elias, impelido por Deus foi levantado por Ele para mudar um reino. A palavra na boca de Elias transformava reinos. Um profeta tem uma unção para mudar estaçõe. Elias vai ungir um profeta, pois o que é estabelecido pelo profético não pode ser retirado. Antes de ser profeta, Eliseu se especializou em semear e colher“, explicou.

Carlos David/CN

O pastor ressaltou que, quando Deus vai fazer algo, para semear, Ele vai revirar a terra. “Deus não se esqueceu de você, Ele está te preparando para 2022. Eliseu arava a terra com 12 juntas de boi. Tal qual, Eliseu que trabalhava a terra, sabemos que temos que alinhar dois bois, um velho e um novo. Isso que gera um alinhamento da junta de bois. Quando ajuntamos algo novo com algo velho, Deus levanta autoridade“, afirmou.

Ao ser arrebatado, Elias ainda não tinha ungido o Rei de Israel. Quando não entregamos a palavra as coisas não fluem como devem. Uma palavra entregue muda um destino. A resposta, o poder, o milagre estão nas nossas bocas. Quando uma palavra profética não é entregue, quem deveria reinar não governa. E quem não deveria governar se mantém no lugar errado. Você não pode continuar parado, você não pode continuar calado, você não pode continuar esperando que você faça o que Deus te chamou para fazer. Há pessoas reinando que não deveriam reinar, pois nós não estamos entregando a palavra. Jeú ainda era príncipe pois Elias não o tinha ungido e ainda não tinha entregue a palavra que o Espirito tinha direcionado“, pontuou.


Se você tem uma palavra, profetize!

Victor Hugo
Carlos David/CN

Hoje a oportunidade é sua. Elias não entrega a palavra e essa fica retida no mundo espiritual. Hoje é o dia. Ainda há vagas para o que Deus quer fazer. Ainda havia vagas na escola profética de Eliseu“, lembrou.

O pastor esclareceu que haviam algumas condições:

1 – Vão tentar te matar
2 – Jezabel vai te perseguir
3 – Trocará o palácio pela caverna
4 – Trocará comida por pão e água


Victor Hugo ainda afirmou que, Deus ensina que na caverna, a agua é feita por Ele, mas o pão o homem faz. “Deus é especialista em fazer grandes coisas em dias comuns. Era um dia comum na escola de profetas de Eliseu. Eliseu estava determinado a cumprir uma palavra. Quando um homem ou uma mulher está determinado a cumprir uma palavra, não há como parar. Há uma nuvem de glória na igreja. Eliseu chegou com azeite. Ele não chegou com um pergaminho. Esse é um tempo de unção. O azeite está passando pela igreja. Era um azeite que fazia com que um príncipe virasse rei. Que faz com que um anônimo vire conhecido. O azeite que vira as chaves está ai“, disse.

Carlos David/CN

O pastor pontuou ainda que Eliseu chama um improvável: um menino. Ele diz:

  • Preciso de alguém que entre no palácio
  • Preciso de alguém que unja um rei
  • Preciso de alguém que mude um reino

    Essa era a oportunidade de Eliseu aparecer. Mas Ele decide transferir a unção e o privilégio para um nome improvável. Deus está ungindo uma geração que nínguem aposta as fichas nela, mas ela está entrando no palácio. Cingir os lombos é colocar a túnica na roupa e se preparar para correr. Chegou o tempo de correr. Aquele menino precisava correr com o azeite em uma mão e a taça em outra mão. Ele precisa correr sem perder a unção! Ele era desconhecido, ninguém sabia a história dele“, disse.

    Victor Hugo profetizou que um avivamento iria acontecer na Comunidade das Nações, e liberou palavras proféticas a vários líderes e pastores durante a sua ministração.

    O pastor encerrou dizendo que Deus não promove quando está tudo bem, mas quando as coisas são difíceis. “Aquele menino não era conhecido. Mas há portas que se abrem pela unção que carregamos. Para viver algo novo no ministério, precisamos da unção de Deus para esse tempo“, finalizou.
Carlos David/CN

por Ana Seligmann
edição Tiago da Silva