“Vá até o jardim, dedique tempo à oração e não converse com a serpente”

Para JB Carvalho, perder tempo, é perder a vida: "Ative o sininho das notificações da janela “kairos”, dentro de seu sistema mental e espiritual"

Luis Felipe/CN

O último Culto da Família deste domingo (2), começou com Willian Santos dando as boas vindas ao público na sede da Comunidade das Nações em Brasília. “Estamos no primeiro domingo de 2022. Hoje, iniciamos um clamor, que será respondido. Existe um anjo de Deus neste lugar, para levar nossas orações. Seremos conduzidos a um nível extraordinário e exponencial. Seja profeta, pois este é um tempo de alegria. Declare palavras de vida para este ano!“, disse.

A adoração foi comandada pela banda LuzLive, que recentemente, lançou Sua Glória, faixa disponível no Youtube.

O pastor Paulo Mota fez o momento profético e disse que quando uma fagulha de fogo cai em uma floresta, ocorre um incêndio. “Em 2022, vamos passar pelo fogo. Este fogo não vem para destruir, mas para purificar, para sarar e manifestar o poder de Deus“, profetizou.

O fogo arderá continuamente sobre o altar; não se apagará. (Levítico 6:13)

Mota ainda destacou que no momento de purificação, a identidade é revelada e, assim como os talentos de José foram manifestos, essa identidade conduzirá o povo ao palácio da vontade de Deus. “Sua melhor versão, está para se manifestar“, declarou.

O pastor Paulo Smith entregou a palavra de oferta da noite, inspirada em Romanos 12:2:

E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.

Ele afirmou que quando os princípios de Deus são aplicados, “nos tornamos arquétipos de Deus para esta geração“.

Se queremos prosperar, precisamos, não apenas de recursos, mas de uma nova mentalidade. Essa mentalidade nos torna maduros e capazes de tomar decisões, que promovem novas recompensas e novas consequências. Por decisões, ofertas e entregas assim, tive grandes sonhos realizados. Deus concedeu uma linda festa de casamento, com 70% dos recursos pagos. Ganhamos uma viagem maravilhosa, porque Ele sempre supera as nossas expectativas. Muito mais que recursos, Deus entregará ferramentas de prosperidade neste ano. Acredite, pois a fé é uma moeda no mundo espiritual“, disse Smith.

Logo em seguida, o bispo JB Carvalho começou a sua ministração lendo na Bíblia, Lucas 19:41-44:

E, quando ia chegando, vendo a cidade, chorou sobre ela, dizendo: Ah! se tu conhecesses também, ao menos neste teu dia, o que à tua paz pertence! Mas agora isto está encoberto aos teus olhos. Porque dias virão sobre ti, em que os teus inimigos te cercarão de trincheiras, e te sitiarão, e te estreitarão de todos os lados; E te derrubarão, a ti e aos teus filhos que dentro de ti estiverem, e não deixarão em ti pedra sobre pedra, pois que não conheceste o tempo da tua visitação.

Existe uma proposta de Deus para nós. Sua visitação nos conecta às chaves de acesso às esferas de tempos sobrenaturais. Muitos, por causa do pecado, abortam esse plano maior. Hoje é tempo de realinhamento. Acontecimentos, ao longo do ano de 2021, marcaram esse período, mas, para você, como esse ano será lembrado? Quais foram os acontecimentos mais importantes? E para 2022, quais são os seus maiores desejos?“, questinou JB.

O bispo pediu para que os fiéis fizessem uma lista, e os desafiou a sonharem. “No entanto, existe uma atmosfera apropriada para essas realizações. Um jardim, lugar de onde nunca deveríamos ter saído. No fluxo do nosso chamado, no ambiente de governo, domínio e influência, um “kairós” contínuo, um lugar perfeito, onde tudo cresce e floresce, sem suor, sem desgastes. Adão andava com Deus, havia prosperidade nas obras das suas mãos. O ambiente reconhecia sua autoridade. Domínio lhe foi entregue, sobre todas as esferas. Podemos imaginar o que ele poderia fazer, antes do pecado? Seu mundo era perfeito. Ele definia a atmosfera da terra, a partir do jardim. Hoje, há harmonia e sincronicidade, que permita a manifestação do poder de Deus, através de nós? Quais valores nós estamos representando?“, perguntou.

Ele destacou que no Salmo 8, verifica-se a expressão da natureza humana. “Fomos feitos para governar“, lembrou.

Fazes com que ele tenha domínio sobre as obras das tuas mãos; tudo puseste debaixo de seus pés (Salmos 8:6)

O ser humano é um ser especial, que possui um mandato cultural“, afirmou.

Quanto a vós, sede fecundos, multiplicai-vos, povoai a terra e dominai-a! (Gênesis 9:7)

JB Carvalho pontuou que, o Criador, determinou a fertilidade, a prosperidade. “Nós não fomos programados para sermos improdutivos, tolhidos do governo“, disse.

  • Multiplicai-vos – A capacidade de multiplicação, física e espiritual, foi colocada no homem.
  • Sujeitai-a – Significa colocar todas as conquistas e vitórias, sob o comando do céu.
  • Dominai – Somos os únicos seres a andarmos eretos, pois o domínio de tudo está em nossas mãos. Significa que não fomos criados para vivermos sujeitos às circunstâncias. Devemos reverter o caos em prosperidade, arquitetar o nosso futuro, projetar as conjunturas e criar novos mundos.

O bispo explicou que, quando Adão pecou, a terra deixou de cooperar. “O pecado proporciona perda, prejuízo e trabalho duro“, disse.

No suor do teu rosto, comerás o teu pão, até que te tornes à terra; porque dela foste tomado, porquanto és pó e em pó te tornarás. (Gênesis 3:19)

Segundo JB, uma ruptura sistêmica provocou a rebelião dos bichos e a natureza colapsou e o ambiente já não é tão favorável: o homem perdeu o controle.

A ardente expectativa da criação aguarda a revelação dos filhos de Deus. Pois a criação está sujeita à vaidade, não voluntariamente, mas por causa daquele que a sujeitou, na esperança de que a própria criação será redimida do cativeiro da corrupção, para a liberdade da glória dos filhos de Deus. (Romanos 8:19-21)

E ainda ressaltou que, o cativeiro da corrupção, ou seja, a introdução daquilo que tem o poder de corromper, ocorreu quando toda a criação ficou sujeita à vaidade. “O homem não nasceu para morrer, mas para ser eterno. Quando o pecado entra, até o corpo incorruptível se reveste de corruptibilidade, porque a morte é um processo de degeneração. Jesus veio à terra para nos libertar do cativeiro da corrupção“,disse.

E, quando este corpo corruptível se revestir de incorruptibilidade, e o que é mortal se revestir de imortalidade, então, se cumprirá a palavra que está escrita: Tragada foi a morte pela vitória. (1Coríntios 15:54)

O pecado faz a terra chorar. Toda a criação – homens, animais, plantas, ambientes, atmosferas – foi afetada“, destacou.

Ó israelitas, ouçam a palavra do Senhor! O Senhor apresentou acusações contra vocês: “Não há fidelidade, nem bondade, nem conhecimento de Deus em sua terra. Vocês fazem votos e não os cumprem; matam, roubam e cometem adultério. Há violência em toda parte, um homicídio atrás do outro. Por isso sua terra está de luto, e todos desfalecem. Até os animais selvagens, as aves do céu e os peixes do mar estão desaparecendo. (Oséias 4:1-3)

Para o bispo, pelo pecado, o diabo arrancou a capa e a coroa de governo do homem, colocando a capa da humilhação e a coroa da zombaria. “Aquele que foi criado para o governo, agora estava no chão, totalmente ridicularizado. Mas, Jesus percorreu o trajeto da humilhação e da vergonha, para pegar a nossa capa e a nossa coroa de volta“, disse.

Sendo assim, Pilatos tomou a Jesus e o mandou flagelar. Os soldados trançaram uma coroa de espinhos e a puseram na cabeça de Jesus; e ainda vestiram-no com uma capa de púrpura. Aproximavam-se dele e diziam: “Salve, rei dos judeus!” E esbofeteavam seu rosto. (João 19:1-3)

Honramos seu feito quando manifestamos o pleno exercício do nosso chamado, de volta ao jardim, vestidos com a capa da autoridade e a coroa de governo. Quando o nosso mundo experimenta o avivamento, seus cenários são alterados pela vida e pela prosperidade, como ocorreu nas ilhas Fiji e em Almolonga“, destacou.

A importância de líderes fortes
O mundo carece de líderes fortes

Todavia ninguém contenda, ninguém repreenda, porque o teu povo é como os que contendem com o sacerdote. (Oséias 4:4)

Precisamos de inspirações. Nações são erguidas e derrubadas pelos seus líderes. Quando Adão se corrompe, tudo perece“, disse.

O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento; porque tu rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; e, visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos. (Oséias 4:6)

JB pontuou que muda-se a sociedade, quando se altera seus líderes. “Por isso, precisamos de líderes que temam a Deus, em todas as esferas: empresários sacerdotes, gestores sacerdotes, intercessores no jardim de oração. Isso é possível porque, em outro jardim, o segundo Adão, reverteu a maldição pela remição da terra, com suas gotas de sangue“, lembrou.

Estando angustiado, ele orou ainda mais intensamente; e o seu suor era como gotas de sangue que caíam no chão. (Lucas 22:44)

Segundo JB, o segundo Adão foi colocado em um sepulcro, mas a morte não pôde reclamá-lo. “Ele recebe o espírito de vida e sai da sepultura, demonstrando aos seus discípulos o resultado do seu sacrifício: a quebra da improdutividade, por uma superabundante pesca“, disse.

Jardim de Oração

Existe um jardim preparado, para exercermos o nosso chamado de forma plena. Este lugar foi preparado por Deus. Podes ouvir Sua voz, neste lugar de oração? Sejamos dominados por uma cultura de oração! Na oração, podem faltar palavras, mas não coração. Permaneça calado, se o seu silencio for mais sincero que suas palavras. Aprenda a orar como Moisés, Abraão, Daniel e outros profetas bíblicos“, disse.

Segundo o bispo JB Carvalho, petição é uma forma de oração, mas o chamamento do Reino de Deus à terra ocorre pelo exercício do governo, através de comandos e decretos. “Quando os discípulos ficaram atormentados, por causa de uma tempestade, Jesus emite ordens ao vento e ao mar. Ele ordena à tempestade que cesse e chama a atenção dos discípulos, por não terem exercido a autoridade que lhes fora entregue. Se o diabo consegue te intimidar e remover sua capa de governo com uma tempestade, ele sempre fará uso dessa estratégia. Se ele consegue tirar a sua paz com uma crítica, ele sempre fará isso. Então, vença essa etapa e siga para o próximo estágio. O futuro não é feito de cartas marcadas, mas de possibilidades. Jesus usou da sua autoridade, para manifestar o reino de Deus. Ele demonstrou como se faz e conquistou todos os recursos necessários“, disse.

Eu lhes dei autoridade para pisarem sobre cobras e escorpiões, e sobre todo o poder do inimigo; nada lhes fará dano. (Lucas 10:19)

Quando estamos completamente sujeitos a Deus, nada pode nos resistir. Quanto maior a sujeição, maior a autoridade“, afirmou.

Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós. (Tiago 4:7)

E estando prontos para punir toda a desobediência, quando a vossa obediência for cumprida. (2 Coríntios 10:6)

Coloque Deus em primeiro lugar. Suba ao jardim de oração e sujeite-se a Deus“, disse.

Janelas de Oportunidades

Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, mas como sábios, remindo o tempo; porquanto os dias são maus. (Efésios 5:15,16)

Falamos sobre prudência ou atenção. Então, fique atento ao tempo. A palavra “remir” é a chave. Significa resgatar, trazer de volta o ambiente do jardim, onde tudo floresce. O tempo designado é “kairós”. Existe um período cronológico, que é marcado em nosso relógio e passa para todos. Ele é totalmente previsível. É chronos. Mas, o tempo “Kairós” são janelas de oportunidades, que não podem ser previstas, cronometradas ou projetadas matematicamente, pois é um tempo de intervenções divinas, propostas sobrenaturais, uma corrente diferenciada no fluxo, que nos conduz, rapidamente, ao alcance de um propósito. Agarre esse tempo, faça acontecer, ouse o suficiente, para abraçar a oportunidade. Deus, procura pessoas, quando deseja manifestar o futuro. Em meio ao caos, reconheça o tempo da oportunidade. Experimente viver essa esfera de tempo “kairós”“, ressaltou.

Ligue o sininho das notificações

O bispo lembrou ainda que, para acessar o tempo “kairós”, é preciso perceber seu surgimento. “A sabedoria está no discernimento do tempo vivenciado. Então, ative o sininho das notificações da janela “kairos”, dentro de seu sistema mental e espiritual. Andai prudentemente, não como néscios, mas como sábios, remindo o tempo é aproveitar essa oportunidade. Perder tempo, é perder a vida. Cada minuto é precioso. Cada segundo que passou, não retornará. Mais do que dinheiro, precisamos descobrir que o nosso maior recurso é o tempo. Leia os evangelhos e veja como Jesus é intencional, em cada oportunidade. Ele foi seletivo e deu atenção apenas às pessoas certas. Os que se aproximaram, tiveram que provar que eram qualificados para o milagre. Não gaste sua energia com atividades ou pessoas, que não prosperam“, disse.

Deus está perguntando: o que você deseja?

JB pediu para que os presentes fizessem como a siro fenícia: humilhem-se. “Faça como a mulher do fluxo de sangue e quebre protocolos. Faça como o chefe da sinagoga, surpreenda Jesus com sua fé. Faça o que for preciso para atingir o coração de Deus e alcançar o milagre. Mas, também, faça por seus amigos. Os quatro amigos daquele paralítico, romperam as barreiras da multidão e o introduziu na presença de Jesus. Os verdadeiros amigos são aqueles capazes de nos introduzir na presença de Jesus, nas janelas de oportunidades, no fluxo do nosso chamado. Atravesse esse Jordão. Já vimos muitos milagres em nossas vidas. É hora de manifestar o poder de Deus, através de nós. Ele tem uma mensagem nova, uma música nova para esta nova estação“, declarou.

Não insista no velho

Nós mudamos de estação. Não tem como permanecer com as antigas companhias. Precisamos de amigos de oração, para esta nova jornada“, disse.

E, chegando-se os fariseus e os saduceus, para o tentarem, pediram-lhe que lhes mostrasse algum sinal do céu. Mas ele, respondendo, disse-lhes: Quando é chegada a tarde, dizeis: Haverá bom tempo, porque o céu está rubro. E, pela manhã: Hoje haverá tempestade, porque o céu está de um vermelho sombrio. Hipócritas, sabeis discernir a face do céu, e não conheceis os sinais dos tempos? Uma geração má e adúltera pede um sinal, e nenhum sinal lhe será dado, senão o sinal do profeta Jonas. E, deixando-os, retirou-se. (Mateus 16:1-4)

O bispo destacou ainda que, discernir sinais, perceber alteração de aspectos da atmosfera, faz parte de uma vida de sucesso. “Deus procura aqueles que estão prontos para viver neste novo mundo. Não converse com a serpente no jardim. Sufoque os assombros mentais. Saul destruiu sua vida, pelos fantasmas que alimentou“,disse.

Atualize-se

JB Carvalho ainda encorajou os presentes a se reinventarem e aceitarem as mudanças de Deus, pois não se caça coelhos novos, com cachorros velhos. “Nós vivemos de toda a palavra que procede da boca de Deus. O que Deus está dizendo em 2022? Qual é a sua versão atual? Atualize seus relacionamentos e promova conexões quânticas. Não é “ser ou não ser”, mas “o que fica e o que vai embora”, disse.

Todo ramo que, estando em mim, não dá fruto, ele corta; e todo que dá fruto ele poda, para que dê mais fruto ainda. (João 15:2)

Carvalho lembrou que o diabo pode obscurecer a força e destruir o foco, se as podas necessárias não forem realizadas. “Por vezes, não são atividades ou relacionamentos proibidos, mas que subtraem a energia do foco necessário para o momento. Ser sábio e não perder uma janela de oportunidade, trata-se de concentrar energia no que é frutífero, investir no que está dando certo, reparar vazamentos de concentração, podar galhos bons para extrair o máximo dos melhores. Identifique o que e quem te estressa. A amargura embaça a visão. Não gaste seu tempo com ressentimentos, não se entretenha com pessoas que, constantemente, promovem incêndios, caso contrário, você passará a sua vida apagando fogo“, ressaltou.

A armadilha do ódio é que ele nos prende muito intimamente ao adversário.
Milan Kundera, A Imortalidade

E enumerou cinco dicas para o ano novo:

  • Faça uma lista de desejos para 2022 e comece a sonhar;
  • Volte ao jardim: No lugar de oração e encontros com Deus, você tem a sua autoridade resgatada;
  • Cumpra seu mandato cultural: multiplique-se, sujeite e domine;
  • Ligue o sininho das notificações e, nos dias maus, encontre a janela “kairós”;
  • Remova o que te dispersa e concentre energia em sua maior força.

Meu Pai é glorificado pelo fato de vocês darem muito fruto; e assim serão meus discípulos. (João 15:8)

E finalizou liberando uma palavra profética sobre a igreja:

Profetizo uma estação de muitos resultados incomuns, muitas janelas de oportunidades. Vá até o jardim, dedique tempo à oração e não converse com a serpente. Atente para o que deve ser podado e o que deve crescer em 2022. Assim, a retrospectiva deste ano será de muitas janelas “kairós”. Existe um favor, uma graça especial. Você aceita receber as notificações do surgimento dessas “janelas”? Uma oportunidade, mudará a sua vida para sempre. O sangue derramado no Getsêmani, está sobre as nossas mentes, para nos curar de todos os assombros. Existe algo novo. Podes perceber? Abrace o tempo da oportunidade. Dizemos sim pelo Brasil e pela nossa família. Serão dias de favor, graça, resgate, restituição, bondade, a expressão máxima do amor de Deus. Diga “sim” ao Senhor. Abrace as janelas “kairós”“, declarou.

por Vanessa Ribeiro
edição Tiago da Silva