A vida de Ezequiel

O Pr Filipe Otoni mostrou como esse homem, escolhido e, aparentemente, separado por Deus para um propósito específico, executou uma finalidade distinta daquela para o qual havia sido treinado

Jonathan Marclay/CN

Veio sobre mim a mão do SENHOR, e ele me fez sair no Espírito do SENHOR, e me pôs no meio de um vale que estava cheio de ossos.
E me fez passar em volta deles; e eis que eram mui numerosos sobre a face do vale, e eis que estavam sequíssimos.

E me disse: Filho do homem, porventura viverão estes ossos? E eu disse: Senhor DEUS, tu o sabes.
Então me disse: Profetiza sobre estes ossos, e dize-lhes: Ossos secos, ouvi a palavra do Senhor.
Assim diz o Senhor DEUS a estes ossos: Eis que farei entrar em vós o espírito, e vivereis.
E porei nervos sobre vós e farei crescer carne sobre vós, e sobre vós estenderei pele, e porei em vós o espírito, e vivereis, e sabereis que eu sou o Senhor.
Então profetizei como se me deu ordem. E houve um ruído, enquanto eu profetizava; e eis que se fez um rebuliço, e os ossos se achegaram, cada osso ao seu osso.
E olhei, e eis que vieram nervos sobre eles, e cresceu a carne, e estendeu-se a pele sobre eles por cima; mas não havia neles espírito.

E ele me disse: Profetiza ao espírito, profetiza, ó filho do homem, e dize ao espírito: Assim diz o Senhor DEUS: Vem dos quatro ventos, ó espírito, e assopra sobre estes mortos, para que vivam.
E profetizei como ele me deu ordem; então o espírito entrou neles, e viveram, e se puseram em pé, um exército grande em extremo.
Ezequiel 37:1-10

O nome Ezequiel significa: Deus é forte!

Então o espírito me levantou, e me levou; e eu me fui amargurado, na indignação do meu Espírito; porém a mão do SENHOR era forte sobre mim. Ezequiel 3:14

Também, significa: o Senhor fortalece. Deus fortalece aquele que é fraco. Esse profeta vivenciou um período de exílio. Na época do seu nascimento, Jerusalém estava desperta por causa da celebração da páscoa. Era uma época em que o rei Josias havia começado várias reformas. O povo estava bem, não existiam reis fortes que pudessem ameaçar a linhagem do povo.
Ezequias era de uma linhagem sacerdotal e deveria conhecer o santuário, assim como todos os ritos. Os recintos do templo eram como salas de aula, onde ele cresceu. Ele se desenvolveu naquele ambiente e foi treinado para a finalidade de exercer o sacerdócio.

Certamente, suas memórias o acompanharam para a Babilônia. Em 597 A.C., Nabucodonosor leva dez mil cativos de Jerusalém e Ezequiel estava entre eles. Agora, este era seu novo ambiente. Enquanto Jeremias profetizava em Jerusalém, Ezequiel foi chamado para profetizar sobre os exilados. Ele tinha a mão de Deus sobre ele. Ezequiel ouvia a Deus.

Veio expressamente a palavra do Senhor a Ezequiel, filho de Buzi, o sacerdote, na terra dos caldeus, junto ao rio Quebar, e ali esteve sobre ele a mão do Senhor. Ezequiel 1:3

Então entrou em mim o Espírito, quando ele falava comigo, e me pôs em pé, e ouvi o que me falava. Ezequiel 2:2

Deus mandou que Ezequiel se colocasse em pé, pois nós só devemos estar prostrados para adorar. Quando o profeta resolve se levantar, Deus resolve falar com ele.

Então entrou em mim o Espírito, e me pôs em pé, e falou comigo, e me disse: Entra, encerra-te dentro da tua casa. Ezequiel 3:24

Após a queda de Jerusalém, Ezequiel colocou as expectativas no futuro. Ele profetiza contra Judá e contra as nações estrangeiras, mas a possibilidade de restauração dos judeus, era a sua firme esperança. A perspectiva de restauração constitui o tema da sua nova mensagem.
Pare de ouvir quem evidencia os problemas, quem procura culpados, como os amigos de Jó. Precisamos assimilar e passar uma nova mensagem.

A grande característica de Ezequiel é que a mão do Senhor estava sobre ele. O próprio Deus o levou para um lugar sem vida e sem esperança. Talvez, você esteja em um lugar assim. Quando menos esperou, foi surpreendido por situações adversas. No entanto, devemos ouvir uma nova mensagem, porque Deus tem solução para cada problema que passamos.

Ezequiel andou sobre o vale de ossos porque Deus se move com o nosso movimento. Mova-se na nova palavra, na nova mensagem, na nova unção. Coloque-se em movimento.
Os filhos de Deus têm o poder de alterar as crises. Ezequiel não afirma que existia um vale de ossos, não reafirma a morte e a destruição. Ele profetiza o que desejava ver manifesto.

E me disse: Filho do homem, porventura viverão estes ossos? E eu disse: Senhor DEUS, tu o sabes. Ezequiel 37:3

“Tu o sabes”, quer dizer etimologicamente: “saber por experiência”, “estar familiarizado com”. Deus está familiarizado em transformar crises em testemunhos. Ele transforma caos em ordem, problema em solução. Mas, Ele não quer fazer isso sozinho. Ele quer te usar nessa manifestação de poder.
Assim como usou Elias para trazer a chuva, Deus quer te usar para manifestar novas realidades. Deus deu uma ordem para que Ezequiel falasse aos ossos. Ele viu esses ossos serem possuídos por vida. Do caos, surgiu um futuro e uma nova realidade.

Ezequiel viu os problemas de sua geração. Por que profetizou vida? Porque ele não falava por si. Ele havia ouvido a palavra do Senhor e reproduziu-a. Não podemos profetizar segundo as nossas emoções, mas a partir da Palavra de Deus, independente do que estamos sentindo

Filipe Otoni

E aconteceu no trigésimo ano, no quarto mês, no quinto dia do mês, que estando eu no meio dos cativos, junto ao rio Quebar, se abriram os céus, e eu tive visões de Deus.
No quinto dia do mês, no quinto ano do cativeiro do rei Jeoiaquim,
Veio expressamente a palavra do Senhor a Ezequiel, filho de Buzi, o sacerdote, na terra dos caldeus, junto ao rio Quebar, e ali esteve sobre ele a mão do Senhor.
Ezequiel 1:1-3

Jeremias já profetizava há quatro anos, quando Ezequiel nasceu. Para ser sacerdote, a pessoas deveriam ser da tribo de Levi, do tronco de Arão e sem defeito, pois apontava para o sacerdote perfeito: Jesus. Além disso, aos vinte e cinco anos, iniciou intenso treinamento. Deveria ter noções da área da saúde e do direito, para exercer seu ofício. Ele deveria ter sua orelha marcada com sangue, pois ouviria o povo e transmitiria instruções. Suas mãos eram consagradas para aquele trabalho. Ezequiel se preparou para ser sacerdote, foi separado com esse propósito, mas, quando completa trinta anos, a idade que, finalmente, deveria exercer de fato seu ofício, vemos o que acontece:

Mas tu, ó filho do homem, ouve o que eu te falo, não sejas rebelde como a casa rebelde; abre a tua boca, e come o que eu te dou.
Então vi, e eis que uma mão se estendia para mim, e eis que nela havia um rolo de livro.
E estendeu-o diante de mim, e ele estava escrito por dentro e por fora; e nele estavam escritas lamentações, e suspiros e ais.
Ezequiel 2:8-10

Jonathan Marclay/CN

Depois me disse: Filho do homem, come o que achares; come este rolo, e vai, fala à casa de Israel.
Então abri a minha boca, e me deu a comer o rolo.
E disse-me: Filho do homem, dá de comer ao teu ventre, e enche as tuas entranhas deste rolo que eu te dou. Então o comi, e era na minha boca doce como o mel.
Ezequiel 3:1-3

Aos trinta anos, Ezequiel estava na Babilônia. Lá não havia templo, portanto, os rituais não ocorriam. Este é o momento em que Deus vira a mesa, entrega uma nova unção, para alterar a realidade. Uma nova unção, para uma nova função.

Talvez, você não tenha conseguido atingir o propósito do seu treinamento. O ofício de sacerdote, também, não fazia sentido na Babilônia, mas o profético sim, pois havia uma realidade para ser alterada.
Deus está colocando algo novo, derramando uma nova unção. Ele foi de sacerdote à profeta. Será que essas indagações não estavam nas orações de Ezequiel? Me preparei a vida inteira para o sacerdócio e agora não posso exercê-lo! Deus disse: come esse rolo até se saciar, porque você exercerá uma nova função.

Buscai os melhores dons, diz a Palavra. Se podemos buscar, podemos adquirir. Deus chama alguém e o coloca como profeta. O sacerdote declara palavras para trazer vida aos ossos. Vemos que se o Espírito o ajudou a levantar, é porque ele deveria estar abatido, mas, mesmo assim, não se limitou a ser somente aquilo para o qual se preparou.

Talvez você esteja como Ezequiel, lamentando na beira do rio por não conseguir exercer o ofício para o qual foi treinado. Quando Deus derramou nova unção, ele teve visões de Deus. Pode ser que um cativeiro tenha trazido tristeza ao seu coração, mas assim como Ezequiel foi capaz de se levantar para ver as visões de Deus, seremos levantados pelo Espírito, para novas perspectivas.
Receba as visões de Deus, para todas as áreas da sua vida e comece a profetizar, a partir de uma nova unção.

por Vanessa Ribeiro