Tenha esperança e mantenha a calma

"Diversas foram as tentativas de reinventar, remodelar a natureza de quem somos. Há pouco mais de cinquenta anos, uma contracultura tenta redefinir a realidade. Hoje, pagamos a conta da revolução sexual. São valores traçados para extinguir a nossa civilização", lembra JB Carvalho

  • E o sexto anjo derramou a sua taça sobre o grande rio Eufrates; e a sua água secou-se, para que se preparasse o caminho dos reis do oriente.
    E da boca do dragão, e da boca da besta, e da boca do falso profeta vi sair três espíritos imundos, semelhantes a rãs.
    Porque são espíritos de demônios, que fazem prodígios; os quais vão ao encontro dos reis da terra e de todo o mundo, para os congregar para a batalha, naquele grande dia do Deus Todo-Poderoso.
    Eis que venho como ladrão. Bem-aventurado aquele que vigia, e guarda as suas roupas, para que não ande nu, e não se vejam as suas vergonhas.
    E os congregaram no lugar que em hebreu se chama Armagedom. Apocalipse 16:12-16

Nesta plenitude dos tempos, em um desenrolar profético, obtivemos uma grande aceleração. Apocalipse fala sobre a vitória de Jesus. Temos sete taças da ira, sete selos e sete trombetas, para punir as forças do mal.

Os evangelhos falam sobre os últimos tempos.

  • Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição, 2 Tessalonicenses 2:3

Apostasia traduz-se por um tempo de engano e, antes disso, ocorreria o arrebatamento. Mas, o conceito de apostasia que temos é diferente. Aqui, fala-se de uma revolta política, um desafio aberto, uma insurreição contra as leis de Deus, uma rebelião.

No império Romano, houve grandes perseguições. Alguns achavam que toda a tribulação ocorria em virtude do abandono da adoração aos deuses.

Mas, o império sucumbiu diante da manifestação do poder de Jesus.

Diversas foram as tentativas de reinventar, remodelar a natureza de quem somos. Há pouco mais de cinquenta anos, uma contracultura tenta redefinir a realidade. Hoje, pagamos a conta da revolução sexual. São valores traçados para extinguir a nossa civilização.

Eu quero ser lembrado como alguém que desejou o melhor para as pessoas, porque eu conheço um pouco do pior

Jordan Peterson

Nós não podemos ser seguidores de Jesus e seguidores de Karl Marx.
Peterson fez uma declaração, depois de entender o aspecto redentivo da cruz: os neomarxistas fazem três acusações:

  1. Vivemos sob um patriarcado opressivo, onde seus arranjos sociais usam o poder para fins de exploração egoísta;
  2. A atividade humana empreendida no ocidente é fundamentalmente de espoliação do planeta;

Ideias que colocam o ser humano como causador de todos os males, começaram a ser propagadas. Logo, combater o homem é trabalhar pelo desenvolvimento. Somos uma ameaça à ecologia, segundo eles.

Mas, a previsão da falta de alimentos decorrente do crescimento populacional, foi suprida pelo homem. A terra está superpovoada e não falta provisão.

Nós vivemos em um trans coletivo. O nosso adversário tem sido a pós modernidade, pessoas sem expectativas, que não conseguem enxergar um futuro esplêndido e desejam que todos se juntem a eles.

3. A ambição masculina é responsável por toda a tragédia da nossa espécie.

Na verdade, a ausência da masculinidade, a exclusão da figura paterna é a raiz de todo mal social. Centenas de meninos sem pais, ocupam as internações coletivas de medidas socioeducativas e repartições carcerárias.

Jonathan Marclay/CN

Christina Hoff Sommers, autora do livro “Guerra contra os Garotos – Como o Feminismo Mal Dirigido Está Ferindo os Nossos Rapazes” denuncia um movimento em curso, para que os garotos renunciem sua masculinidade.

Ela comprova como feministas, em parceria com “psiquiatras patrulhados”, estigmatizam o comportamento natural dos garotos como anormal e patológico.

Elas rotulam como patologias condutas próprias dos meninos, pois trabalham pela supressão. Denominam tóxico aquilo que lhes é natural.

Então, garotos cheios de energia, são medicados por problemas de “desorientação pessoal”. Alguns, levados a tribunais ou clínicas psicológicas por exibirem condutas de futuros agressores sexuais, sob o argumento de ter que lidar com a masculinidade tóxica.

Na verdade, é a supressão da masculinidade que reprime, oprime e, naturalmente, enseja distúrbios comportamentais violentos. Nossa sociedade está em ebulição.

Devemos lembrar aos jovens porque nasceram e para que nasceram. Devemos dizer que são bem-vindos como são, exatamente como foram feitos para ser. A aceitação não diz respeito ao distorcido, mas ao original.

Pode-se exigir mais dos meninos, pode-se esticar mais, desafiar mais. Vamos conscientizá-los do potencial que têm.

Dados estatísticos mostram que a expectativa de vida dos homens é menor que o das mulheres. O índice de suicídio dos homens é maior. Nossos meninos precisam crescer em lares equilibrados, para planificar o potencial. Este equilíbrio advém das referências “pai e mãe”.

Assistimos a grande revolta que ocorreu no céu, milênios atrás. A revolta contra Deus, o Pai, causou fortes tremores. Essa guerra reflete-se com todos os tipos de abalos.

Tende cuidado, não recuseis ao que fala. Pois, se não escaparam aqueles que recusaram ouvir quem, divinamente, os advertia sobre a terra, muito menos nós, os que nos desviamos daquele que dos céus nos adverte,
aquele, cuja voz abalou, então, a terra; agora, porém, ele promete, dizendo: Ainda uma vez por todas, farei abalar não só a terra, mas também o céu.
Ora, esta palavra: Ainda uma vez por todas significa a remoção dessas coisas abaladas, como tinham sido feitas, para que as coisas que não são abaladas permaneçam.
Hebreus 12:25-27

Essa grande rebelião causa abalos e apenas o que está firmado em Deus, permanecerá. Não tenha medo dos conflitos, porque o que está firmado, permanecerá.
Precisamos adotar uma escatologia de esperança, pois temos um glorioso futuro.

Por que se amotinam os gentios, e os povos imaginam coisas vàs?
Os reis da terra se levantam e os governos consultam juntamente contra o Senhor e contra o seu ungido, dizendo: Rompamos as suas ataduras, e sacudamos de nós as suas cordas.
Salmos 2:1-3

Muitos líderes tomam conselhos contra o Senhor. Hoje, temos grande inversão de valores. Mas, será que Deus está confuso?

Aquele que habita nos céus se rirá; o Senhor zombará deles. Então lhes falará na sua ira, e no seu furor os turbará. Salmos 2:4,5

Certamente, nós precisamos da teologia certa e de muita calma.

Pede-me, e te darei as nações como herança e os confins da terra como tua propriedade. Salmos 2:8

Deus não quer nos dar os céus, mas as nações. Ele ordenou: Ide e fazei discípulos de todas as nações

JB Carvalho

O verdadeiro evangelho extermina a miséria. Não fomos chamados a salvar alguns e alimentar outros poucos. Devemos mudar o sistema. Precisamos de muita calma, mas não contemplativa. Existe um momento apropriado para agir. A calma reconhece suas oportunidades e age com coragem.

O que parece ser a hora das trevas, na verdade, é uma oportunidade. Enquanto o sujo se suja mais, o limpo fica mais limpo. Esse é um tempo de definição. Nesta era, exige-se um posicionamento.
O mal amadurece sua rebelião e o bem cresce em plena semelhança ao Cristo.

Deus já disse que cobrirá a terra com o enchimento da sua glória. Quando há trevas sobre a face do abismo, o Espírito se move.

O caos estava instalado no vale de ossos secos, mas a ordem chegou através da palavra profética. Suas palavras são poderosas.

Antes que venha o grande dia do Senhor, existe a promessa de um poderoso derramar do Espírito. Olhe para o horizonte e espere o avivamento, pois justiça, paz e alegria estão chegando. Feche os ouvidos para o caos, feche o coração para o medo.

Quando parecer que o inimigo está vencendo, lembre-se que Deus estabeleceu regras fixas e o mal se auto extermina, quando quebra o eixo do seu funcionamento

JB Carvalho

Olhe como o comunismo, o Império Romano, como se auto destruíram. Uma nação não é destruída por fora, senão quando consumida por dentro.

Uma sociedade entra em colapso, quando a sua crença fundamental falha. Veja a história do Egito, com a chegada de Moisés. Ele declara trevas, destrona o deus sol e coloque em xeque todas as crenças.

Entenda que não matamos Saul. Ele se autodestrói.

Os deuses de Roma entraram em ostracismo. Jesus, de forma tão improvável, manifesta seu poder.

Eu, eu sou aquele que vos consola; quem, pois, és tu para que temas o homem que é mortal, ou o filho do homem, que se tornará em erva?
E te esqueces do Senhor que te criou, que estendeu os céus, e fundou a terra, e temes continuamente todo o dia o furor do angustiador, quando se prepara para destruir; pois onde está o furor do que te atribulava?
O exilado cativo depressa será solto, e não morrerá na caverna, e o seu pão não lhe faltará.
Porque eu sou o Senhor teu Deus, que agito o mar, de modo que bramem as suas ondas. O Senhor dos Exércitos é o seu nome.
E ponho as minhas palavras na tua boca, e te cubro com a sombra da minha mão; para plantar os céus, e para fundar a terra, e para dizer a Sião: Tu és o meu povo.
Isaías 51:12-16

Se você está com medo, obviamente, esqueceu quem Deus é. Reitero: Precisamos apenas da teologia certa e de muita calma. Aquietai-vos e sabeis que eu sou Deus, diz o Senhor. Não é sobre nós, mas sobre Ele. Cri, por isso falei. Coloquei minhas palavras na sua boca

JB Carvalho

Forjai espadas das vossas enxadas, e lanças das vossas foices; diga o fraco: Eu sou forte. Joel 3:10

Convença seu cérebro, da sua força. Antes de dizer ou impressionar outros, pregue a si. Auto motive-se.
Davi se reanimou. Ele tinha a capacidade de se inspirar, se animar, se encorajar, pois um líder, antes de tudo, exerce o auto governo. Abraão se fortaleceu, dando glória a Deus.
Então, você não precisa mais correr atrás de palavras proféticas. Abra a boca e libere sobre si, uma palavra profética. A promessa que Deus fez, está valendo.

Jonathan Marclay/CN

Profético

A igreja dos últimos dias é vibrante. Temos a descrição: O mais fraco é como Davi, o mínimo, como um poderoso exército. A terra será inteiramente curada, através de famílias inteiras. Nosso maior chamado é para a construção de uma poderosa família.
Deus está te ungindo com um novo manto, uma nova capa. Deus está confrontando o seu medo. Quem é você, para temer o homem mortal? Eu estendo novos céus e nova terra.
Declare longevidade, declare que sua descendência será poderosa na terra. Fale a promessa e construa um legado. A benção do pai Abraão está sobre seus filhos. Existe uma capa de governo, para que sejamos a resposta. Quão formosos são os pés daqueles que anunciam boas novas, então, profetize sobre o caos, dê ordens à desordem.
Deus tem uma nova unção, para uma nova estação. Unção para construir relações, para a produção de realizações, para grandes construções, para geração de riquezas.
Há algo que não pode ser impedido, a ideia cuja hora é chegada.
Que a graça seja derramada sobre você. Seja cheio do favor de Deus.
Receba as armas de guerra, seja revestido de toda armadura de Deus, para permanecer firme, livre de amarras.

por Vanessa Ribeiro