Começa em Brasília Conferência Global 2018

Começou nesta quinta-feira (14), a Conferência Global 2018, cujo tema é Soberana Vocação. A conferência acontece no Centro de Convenções Ulysses Guimarães e teve em sua abertura a presença do Bispo JB Carvalho.

JB afirmou que esse evento é o anúncio de um novo dia, conforme está escrito em Salmo 46: “Bramam as Nações e reinos se abalam. Ele faz tremer a terra, mas há um rio cujas correntes alegram a cidade de Deus. Deus está no meio dela e jamais será abalada e Deus a alegrará desde o nascer do dia.” 

Lembrou-nos de que há 2000 anos um dia começou a nascer, o dia de domingo, numa páscoa do ano 33. Para o bispo, esse é o governo do sol da justiça e o aumento dele será paz sem fim. Recordou-nos de que este ano é o Ano Domini, ano do domínio do Senhor. Acrescentou, ainda, que há realidades que estão se manifestando que estavam escondidas.

Para o bispo, a ardente expectativa da criação aguarda a revelação dos filhos de Deus, na esperança de que a criação seja redimida do cativeiro da corrupção para liberdade da glória dos filhos e afirmou: “Nós não recebemos o espírito de temor, de escravidão para andarmos com medo, recebemos o espírito de adoção que clama Aba Pai, Aba Pai.”

Segundo JB, esses serão dias incríveis, dias extraordinários, esses serão dias de transformação, dias de Soberana Vocação, dias de impacto. Para ele, esses dias serão relembrados na eternidade como pontos de inflexão na história de cada um dos presentes, em cada ministério, cada família, na saúde, na vida financeira, bem como na energia de cada um. 

“Serão dias de impacto profundo no Eixo Monumental, em Brasília para o Brasil, para as Nações”, concluiu.

O bispo crê que há algo vindo, pois o reino de Deus está se manifestando e a glória do Pai está enchendo a terra como as águas cobrem o mar. E, portanto, disse ele, toda terra será cheia de sua glória, pois o poder está vindo. Disse o bispo que o filho de Deus está se manifestando mediante uma igreja cujas portas do inferno não prevaleceram, que é o baluarte da verdade, a noiva do cordeiro. E conclamou a todos os presentes que levantassem as suas mãos e dessem um brado de vitória, celebrando ao Senhor, pois a Soberana Vocação de Deus está se manifestando sobre o seu corpo, a sua igreja.