Bispo JB Carvalho encerra o Profetizando 2019 liberando uma unção de governo para os fiéis

Bispo JB Carvalho encerra o Profetizando 2019 liberando uma unção de governo para os fiéis.

Na última quinta-feira (13/12), aconteceu o encerramento do Profetizando 2019 que trouxe como tema este ano, o Alinhamento Quântico – Um passo à frente, sempre!

Foram doze dias sobrenaturais aonde os membros e visitantes puderam desenhar e receber palavras proféticas sobre o ano que está chegando. Dentre os convidados que passaram pela sede da CN em Brasília, estavam: Bob Harrison (EUA), Joseph Garlington(EUA), Chantell Cooley(EUA), Deive Leonardo, Cláudio Duarte, Marcos Borges (Coty), Anderson Freire, Fernandinho, Lucinho Barreto e Gabriela Rocha.

O bispo JB Carvalho fez uma retrospectiva com as palavras liberadas pelos profetas durante esses dias e mostrou-se surpreso com o alinhamento. “Tudo que pode ser abalado será abalado para que somente as coisas inabaláveis permaneçam de pé. As coisas que representam o velho, o atrasado, o obsoleto, o pagão, vão ser derrubadas. Existe uma raça sendo preparada para essa hora que teme somente a Deus. Nosso mandato cultural consiste em ter autoridade para trazer o céu para terra. Desfazendo as obras de satanás, sendo um governante, impetuoso, intolerante para com a influencia do mal no mundo”, ressaltou, JB.

Digo-vos que depressa lhes fará justiça. Quando porém vier o Filho do homem, porventura achará fé na terra? (Lucas 18:8)

Confira abaixo um resumo de cada dia

1º dia – Deus está fazendo coisas grandes e exponenciais que não são esperadas. Deus vai nos surpreender com bênçãos inesperadas. Aquele que espera grandes coisas de Deus, assim terá!

2º dia – O justo é cercado pelo favor e graça de Deus (Salmos 5:12).

3º dia – É tempo de colheita. Amos 9:13, diz sobre um tempo de aceleração espiritual aonde as coisas acontecem de uma maneira mais rápida do que o normal. De quinze anos para cá, houve uma disrupção tecnológica, um avanço significativo em todas as esferas. Um novo mundo está sendo criado, a igreja está se reinventando. Esteja pronto para construir armazéns e uma grande colheita está chegando.

4º dia – É hora de cruzar o Jordão e marchar contra Jericó. Muralhas interiores irão cair, pois o que acontece dentro é mais importante do que acontece fora. Através da exposição, linguagem corporal e brados de vitória, a expressão de adoração modificará a química interior. Grilhões caem por dentro, traumas, sofismas e fortalezas são eliminadas. Uma nova adoração está em curso, esteja preparado para cultos anormais com expressões espontâneas e livres, ou seja, de todo o coração.

5º dia – Deus guardou o melhor para agora! Um vinho novo foi liberado para odres frescos. Você não precisa esperar o ano novo para tomar decisões importantes que te trarão recompensas e consequências, tome-as agora!

6º dia – Deus está fazendo uma obra que ninguém vai acreditar. Testemunhos tão poderosos surgirão e as pessoas não vão querer acreditar. “Vede entre os gentios e olhai, e maravilhai-vos, e admirai-vos; porque realizarei em vossos dias uma obra que vós não crereis, quando for contada.” (Habacuque 1:5)

7º dia – Tempo de prosperidade, mas deve-se esquecer de onde vem a prosperidade e estabilidade. Estamos num momento em que o Brasil vai começar a crescer, um ponto de inflexão na história. Essa mudança vai ser a mais extraordinária de todos os tempos.

Não tem como andar com Deus sem ser bem sucedido. Todos que com Ele andam estão destinados ao sucesso, mas o sucesso esconde perigos, um deles é o esquecimento de Deus. “E digas no teu coração: A minha força, e a fortaleza da minha mão, me adquiriu este poder. Antes te lembrarás do Senhor teu Deus, que ele é o que te dá força para adquirires riqueza; para confirmar a sua aliança, que jurou a teus pais, como se vê neste dia”. (Deuteronômio 8:17,18)

8º dia – A oração como participação na agenda de Deus. Desejo atendido é árvore de vida. Quando Deus satisfaz o desejo do coração dos seus filhos, Ele nos chama para participar da mesa. O propósito de Deus sempre foi para reinarmos com Cristo, por isso, nossa tarefa é espelhar o céu na terra, desenvolvendo uma sabedoria criativa para recriar o mundo. “E tudo o que pedirdes ao Pai em meu nome, vo-lo farei, para que o Pai seja glorificado no Filho”. (João 14:13)

9º dia – Uma nova unção para um novo dia. São necessárias novas estratégias. O que foi bom no passado não significa que vai ser bom no futuro. Nós temos que reinventar as coisas. De graça em graça, de glória em glória, criando atmosferas, definindo a temperatura, sendo circuncidador. Deus não quer te tirar do deserto. Deus quer tirar o deserto de você.

10º dia – Deus está querendo derramar um novo vinho sobre um odre fresco. Deus está reestruturando todas as coisas. Restaure e construa novas estruturas pare receber aquilo que Deus quer dá.

11º dia – Uma porta aberta nos céus. Existe uma atualização sobre sua visão, audição e percepção. Todos nós estamos debaixo do mesmo céu mas nem todos temos o mesmo horizonte. Tudo tem a ver com a perspectiva, com a maneira no qual se enxerga as coisas. É de dentro pra fora. Sucesso é uma construção!

12º dia – O céu está buscando concordância com a terra. É isso que fazemos quando nos reunimos. A palavra Eclésia, originalmente, não tem nenhuma conotação religiosa. Somos chamados para o governo. Deus está te dando a capa de governo, de liderança, a unção onde tudo que por a mão prosperá. Um manto de renovação, uma nova unção para um novo dia. É tempo de encontros que mudarão a sua vida. Conexões com pessoas que irão abrir as portas para eternidade, pessoas surgirão para derramar o favor.

Segundo o bispo, a esterilidade de Ana na bíblia desenvolveu nela um coração desesperado por Deus. O seu grande obstáculo tornou-se uma plataforma para entrar para história. “Deus usa situações assim para nos levar ao nosso maior sucesso. Tudo que nos acontece na vida, foi permitido por Deus ou será usado por Ele. Deus costuma violar a nossa lógica contrariando o modo no qual o entendemos as coisas. Ele retém a revelação das pessoas que não tem fome da verdade. Ele não dá pérolas aos porcos. Quanto mais você recebe, mais responsável você é”, finaliza.